Educa mais brasil 2016 pode te ajudar a estudar e se qualificar, com bolsas de estudos para várias áreas!

Estudar e fazer uma faculdade está cada vez mais complicado em nosso país. Com o atraso e a diminuição do repasse de verbas para a educação, vários programas do governo cortaram uma parte de suas vagas. Falta de pagamento das mensalidades dos cursos técnicos, das bolsas de mestrado e até o crédito para garantir uma vaga em universidades particulares está com restrição, como o programa de Financiamento Estudantil, o Fies.

Entre as atividades educacionais do governo com grande prejuízo também está o Pronatec (Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego), que em 2015 ofereceu um pouco mais de um milhão de vagas, 66% a menos que em 2014.

Muitas mudanças ocorreram também na liberação de novos contratos do Fies, a partir do segundo semestre de 2015. Essas alterações deixaram apreensivos os estudantes interessados em solicitar o financiamento em 2016, principalmente, em relação com a quantidade de vagas que serão abertas para o próximo ano. Já que em 2015 houve um grande corte no repasse de verbas para a educação.

Por isso o Educa Mais Brasil surge como uma alternativa para quem deseja estudar. Acompanhe conosco

Programa Educa mais Brasil – do que se trata?

Indo direto ao assunto, ele é um programa de inclusão educacional que oferece bolsas parciais de estudo para alunos interessados em ingressar no ensino superior, em fazer um curso de pós-graduação, técnico ou de idiomas.

educa mais brasil 2016
educa mais brasil 2016

O Educa Mais Brasil 2016 oferece bolsas de estudo de até 70% para alunos que queiram ingressar em escolas ou faculdades particulares. São oferecidas todos os anos mais de 120 mil bolsas de estudo e já foram beneficiados mais de 200 mil alunos em todo o Brasil. O Educa Mais Brasil oferece bolsas de estudo para a graduação, pós graduação, educação básica e técnica.


Quem pode se inscrever no Educa mais Brasil 2016?

Os candidatos ao programa precisam comprovar que não possuem condições financeiras de custear as mensalidades integrais e, no caso de graduação, estar há pelo menos seis meses sem estudar. Algumas instituições de ensino utilizam a nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) no processo de seleção, por isso é preciso que o candidato tenha tirado pelo menos 450 pontos na prova e não ter zerado a redação.

O processo de aprovação ocorre enquanto houver seleção nas instituições parceiras e vagas, sendo essas limitadas. Além disso, o valor da bolsa varia entre 30% e 45% de desconto na mensalidade para cursos de Ensino à Distância (EAD).

Como se inscrever no Educa mais Brasil 2016?

educa mais 2016

Todo o processo de inscrição é gratuito e feito por meio do site do Educa Mais Brasil. Primeiro, o estudante deve escolher o curso que deseja realizar a inscrição e após o cadastro, o candidato pode consultar a situação da inscrição no Portal do Aluno do Educa Mais Brasil.

Quem não for selecionada a primeira vez, pode continuar tentando sem precisar fazer uma nova inscrição. Caso o estudante seja contemplado pelo programa, o candidato receberá uma carta de aprovação por e-mail e a Taxa de Adesão ao programa, que deve ser paga para o recebimento da bolsa.

Ao ser aprovado no teste de seleção da instituição escolhida, deve-se imprimir a carta e apresentá-la na instituição de ensino para garantir a bolsa parcial, junto com o comprovante de quitação da taxa.

Conclusão

Gostaram das dicas pessoal?

Corram la no site oficial e se inscrevam!

Educa mais Brasil 2016: programa de bolsas e muito mais!